quinta-feira, 3 de abril de 2008

Dia de Sol

Doce beijo


Dia se Sol
Sorriso que se espalha em raios de alegria…

Dia de Sol
Pássaro que busca, em voo errante, ninho para partilhar…

Dia de Sol
Praia com canto de sereia que nos chama em encanto…

Dia de Sol
Flor desabrochada no esplendor da cor que seduz a abelha…

Dia de Sol
Aroma quente no ar… abre as narinas para caminhos do ócio…

Dia de Sol
Campo de todas as cores pintado e que quero percorrer…

Dia de Sol
Que nos aquece o coração…

Maria Mala

7 comentários:

O Profeta disse...

Hoje não vou falar de amor
Hoje tenho saudade de canções
De uma voz perdida no tempo
Que me ensinou o sonho, as emoções

Hoje senti saudades da minha rua
Da casa fria e quente da ternura
Do cheiro a lenha, pão amassado
Dos abraços tidos de forma tão pura


Hoje convido-te a saberes um pouco de mim

Bom fim de semana



Terno beijo

O Profeta disse...

Total é a loucura do querer
Breve é chama da doce paixão
Total e insubmissa é a verdade
Que emana do teu terno coração

Sigo os passos da tua procura
Queda-se teu corpo nu em melodia incompleta
És instante da bondade dos Deuses
O canto de uma ribeira que o sol desperta

Boa semana


Doce beijo

Capitão Merda disse...

Dia de sol, com um tempo destes?!
;)

Fátima disse...

Amiga,
Hoje não está muito sol... só mesmo aqui no teu cantinho!
Jokinhas

C Valente disse...

saudações amigas

Anónimo disse...

Sol está alem mar...
meet me there!!!

Malu disse...

Ah! Maria...
Os dias de Sol são belíssimos e, se deixar cair uma gotinha de chuva... terá um lindo arci-íris.
Aqui é tudo lindo.
Um grande abraço